2006-05-23

 

Hoje estou triste pelo meu Nino


Eu tinha um destes lá em casa, ainda não tinha feito um mês, era exactamente como o da foto, cor de laranja (um destes dias posto as fotos que tirei com o telemóvel).
Era muito interactivo e reagia sempre que falavamos com ele. Respondia sempre, excepto quando eu refilava com ele por ser tão traquinas e sujar tudo à sua volta.
Ontem cheguei a casa e encontrei-o morto.
Há coisas incriveis, ele estava doente e tinha dado sinais de quem tinha sofrido um ataque cardiaco (muito frequente em canários) na semana passada. Como no fim-de-semana não estive em casa, fiquei mentalizada para que quando chegasse ele podesse não ter resistido, mas enganei-me... cheguei a casa e ele estava na mesma.
Ontem ao sair do emprego, fui a uma loja de animais comprar umas vitaminas para lhe dar, depois de explicar ao senhor da loja os sintomas. Ao chegar a casa.... estava morto.
Tou triste que eu gostava tanto dele, e era lindo. Chamava-se Nino.

Comments:
Custa sempre quando um amigo parte... fica a mágoa que, a pouco e pouco, vai sendo substituida pela ´saudade...
 
Pareçe-me que o dia de ontem não foi fácil para muita gente! o meu tb não foi lá muito agradável... mas estou aqui para comentar o teu post.
é mto triste perder algo que já faz parte do nosso dia-a-dia. Os animais para além de nos fazerem companhia dão-nos muitas alegrias tb. eu tenho uma cadela e nem quero pensar no dia em que ela me faltar!

tens de ter força, pois se ele estava doentinho, tb estava a sofrer...

um beijinho grande e espero que ultrapasses rapidamente!
 
Ola querida BAD, lamento imenso o que aconteceu. E tu ja andavas preocupada :( lamento imenso, a serio! Beijoka e coragem.
 
E eles fazem nos tanta companhia.
São tão nossos amigos.

BEijinhos
 
força linda! o teu Nino está em paz agora e tu ficas para sempre com a recordação de teres feito parte da vida dele e ele da tua. bjs
 
E sempre triste, perdemos alguem...Sim digo alguem porque acho que os animais fazem parte da nossa vida...A muito que quero comprar um piu-piu ao meu bebucha , ele adora passaros, mas como tambem ja me aconteceu duas vezes este fatidico ipisodio, nao queria que o meu bebucha passa-se por esta perda...=(

Bjs...
 
Um beijinho amiga!
 
Oh pá e ainda ontem tinhamos estado a falar dele :-((, coitadinho do teu NINO :-((
 
Deixa lá, Bad. Nunca mais vais esquecer o Nino e isso é que é importante: quando as coisas passam na nossa vida e deixam saudades.
Bjs
 
ohhh é tao chato quando acontece coisas desta! e claro nunca nenhum canario podera substitui-lo...lamento muito :(
 
Já tive canários, piriquitos, pintasilgos, peixes de todas as cores de água quente e fria e todos morreram por uma razão ou por outra.

Nunca entendi porque é que eles morriam ... mas deixei de ter animais, até um cão eu gostava de ter mas tenho medo que tb isso aconteça com ele.

Assim compreendo a tua dor, nós habituamo-nos aos animais e depois ...
 
Ohhhh... então? não fiques triste!

Que timing perfeito - o do teu canário e o meu (de só ter tempo para vir aqui deixar umas palavrinhas hoje, quando estás triste pelo que aconteceu...)

Eu adoro animais - MESMO. Mas também digo o mesmo que o Ouvinte: já tive várias espécies de animais em casa. Desde miúda que me lembro de ter animais em casa. Mas o destino foi sempre o mesmo: morreram todos (ou quase).

Os peixes eram o pior. Desisti deles e passei às tartarugas - melhor, mas sentia-as tão tristes, que acabava por as ir largar num riacho, sempre que ia à aldeia (a água ainda era pura e completamente transparente e tinha a certeza que iam ficar felizes - ideias de criança mesmo...). Pássaros sempre tive: tinha uma família deles, mas também acabei por desistir de os ter porque quando começaram a morrer, sentia-me de rastos e acabava por soltar os outros, porque pensava - mais uma vez a inocência da idade - que os outros se sentiam tristes e preferiam refazer as suas famílias lá fora...

O que eu gostava mesmo era de um cão, mas não me atrevo a isso. Um dia explico porquê (mas tem a ver com o gostar imenso deles) :)

E pronto, é isto! Espero que, apesar de todos os disparates que acabei de dizer te sintas um bocadinho melhor :) Não há amigos iguais, mas podes sempre arranjar outro companheiro lá para casa(refiro-me a um animal, bem entendido...)

Beijinhos e... ânimo! **


joaninhadepapel.blog.com
 
Pois, aconteceu-me a mesma coisa o ano passado com o meu Miró! Pior, aconteceu um dia antes da minha avó falecer! Se fosse a ti comprava logo outro! Agora já tenho mais dois: o Picasso e o Dali! :) Beijo meu
 
:(

...

São os nossos companheiros, tenham quatro patas, barbatanas ou asinhas e penas...

Mas não fiques triste... guarda os bons momentos que o Nino te proporcionou... e vais ver que, ainda que timido e pequenino, vai sair um :)

Beijos
 
O meu também se chamava Nino! Se foi esses dias, depois de 12 anos. É triste, muito triste ainda (eu e minha irmã dizíamos que ele era nosso "irmãozinho"!), mas nessas horas temos que pensar nos momentos de diversão e carinho com essas criaturinhas maravilhosas!
Enterramos o nosso num vaso com lindas florzinhas, e todo dia colocamos o vasinho no Sol, falamos com ele com carinho...fica a lembrança sempre, e isso nos conforta. Até porque, um dia chega a horinha deles, como um dia chegará a nossa. É o ciclo da vida...
Força! Agora teu Nino também é um anjinho cantor no Céu!
Abraços!!
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?